QUANTO CUSTA A ALEGRIA DE VIVER

Escritora Maria de Fátima Pacheco

Viver requer equilíbrio Nacinal, se todas as coisas materiais fossem cotadas por indivíduos que prezam o bem-estar do ser humano, a prosperidade e a vitalidade econômica, faria parte do dia a dia de todos, o mundo seria feliz.

Se os provedores materiais tivessem consciência do valor moral e da ética teríamos sim um mundo melhor onde todos haveriam de ter oportunidade de prosperar.

A luta que travamos todos os dias contra os subornos, atravessadores, corruptos e espertos, daria para a humanidade conquistar um lugar ao sol.

Até na saúde pertencentes a órgãos de iniciativa privada ou pública o sistemas é o mesmo, o descaso para com os menos favorecidos é demais. Mas a corrupção não se instalou apenas na saúde ou na econômia, afetou também o Sistema Educacional.

A Educação como estabelece a Lei Direito de todos, tornou-se um mero campo de especulações financeiras, os meios delegados pelo Governo passam a ser bolsas de valores, ao invés de bolsa de estudos, de enriquecimentos ilícitos de certas Instituições Educacionais, o absurdo da erradicação do analfabetismo funcional ou pessoal, se tornou comércio avassalador, longe de ser uma proposta séria de capacitação humana.

O mesmo se dá com as Propostas Habitacionais, o famoso Minha Casa Minha Vida, lançada no Governo Vargas e que vem sendo atualizadas pelos demais governos, tem como propósito como rege a Lei Habitação para todos, encerra grandes políticas de contravenções e descasos, muitas construtoras enriqueceram e muitos morreram pela ganância e inresponsabilidade dos grandes construtores.

E logico, não poderíamos deixar passar em branco as bolsas alimentação destinada a saciar a fome dos menos favorecios, se o governo assim permite ao invés de implantar uma política séria de fiscalização. Fechar os olhos e deixar acontecer é o mesmo que aprovar a miséria e o analfabetismo.

O Brasil é um país rico, mas já foi muito rico, com grandes empreendimentos e desenvolvimentos em todos os ramos funcionais de uma máquina pública, onde a hierarquia, a honestidade e o patriotismo imperava.

As fraudes destroem o que o governo leva anos para construir. Patriotismo é sinônimo de Ordem e Desenvolvimento.

A alegria do ser humano é poder pisar em terra firme, construir seu lar, trabalhar, se alimentar, estudar com dignidade e responsabilidade.

Publicado por MARIA DE FÁTIMA PACHECO

Professora e Escritora.

Um comentário em “QUANTO CUSTA A ALEGRIA DE VIVER

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: